Seriedade ao tratar sobre suicídio

SuicídioO suicídio é um dos temas mais polêmicos, tristes e intrigantes nas práticas clínicas e na sociedade como um todo.

Reconhecer os sinais e indicadores de risco é uma tarefa desafiadora para psicólogos especializados e experientes. Desamparo e desesperança são fortes sinais de alerta, com alguns comportamentos que, nesses casos, passam pela comunicação suicida, ameaça e tentativa. É preciso sempre avaliar cuidadosamente o histórico, atentando- se para a intencionalidade, planejamento, acesso a meios, ações preparatórias e uma série de comportamentos impulsivos. Cerca de 60% das pessoas que morreram por suicídio fizeram pelo menos uma tentativa anterior.

A segurança do vínculo terapêutico é um dos fatores que contribui para a eficácia do tratamento. Assim os pacientes tendem a se sentir mais acolhidos e seguros para expor suas questões subjetivas, bem como para buscar ajuda no enfrentamento de crises.

Tentativas de suicídio não é brincadeira. Tentativas de suicídio não é chamar atenção!

 

Peça ajuda!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.